×
Siga-nos:
Classe Contábil
PUBLICADO 3 semanas ATRÁS.

Planalto recua e decide adiar reajuste de servidores para 2020

BRASÍLIA (Reuters) – O governo federal decidiu manter o adiamento do reajuste dos servidores federais para 2020, como estava previsto inicialmente, mantendo uma economia de 6,9 bilhões de reais para o orçamento de 2019, confirmou à Reuters uma fonte palaciana.

O adiamento do reajuste estava previsto já no Orçamento de 2019, mas nesta semana o presidente Michel Temer informou que, depois de um acordo para dar o aumento de 16,38 por cento ao Judiciário, havia decidido dar também o previsto para os servidores do Executivo.

Em reunião no final da manhã desta sexta, no Planalto, venceu a versão da equipe econômica. O reajuste diminuiria a margem já pequena de investimentos federais no próximo ano.

Os reajustes foram negociados em 2015, ainda no governo de Dilma Rousseff, e mantidos por Temer quando assumiu a Presidência, sendo programados para os anos seguintes.

(Reportagem de Lisandra Paraguassu)

Fonte: DCI




COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

*Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Leia também

Receba gratuitamente nosso informativo de artigos e notícias em seu e-mail