×
Siga-nos:
Classe Contábil
PUBLICADO 2 anos ATRÁS.

Petróleo sobe após pesquisa sugerir permanência do Reino Unido na UE

Os futuros de petróleo começaram a semana em tom positivo, com o Brent superando US$ 50 por barril, em meio ao forte avanço dos mercados acionários globais, que reagem a pesquisas indicando que o Reino Unido deverá permanecer na União Europeia. Na quinta-feira (23), os britânicos vão realizar um plebiscito para votar sobre o assunto.

Sondagem publicada no jornal inglês Mail on Sunday aponta que 45% dos eleitores apoiam a permanência do Reino Unido na UE, ante 42% que defendem a saída do país do bloco europeu. Enquanto isso, uma média das últimas seis pesquisas feitas antes do plebiscito sugere uma votação dividida, em 50% a 50%.

Diante da maior perspectiva de que o Reino Unido continue na UE, as bolsas europeias operam em forte alta nesta manhã e a libra chegou a se valorizar mais de 2% frente ao dólar. O dia também foi de ganhos nos mercados acionários asiáticos.

O bom humor nos mercados financeiros ajuda a impulsionar as commodities, como o petróleo e o cobre.

A fraqueza do dólar ante várias outras moedas, incluindo a própria libra, o euro, o dólar australiano e emergentes como a lira turca e o rand sul-africano, também contribui para o bom desempenho dos preços do petróleo.

Às 7h47 (de Brasília), o petróleo Brent para entrega em agosto subia 1,77% na IntercontinentalExchange (ICE), a US$ 50,04 por barril, após tocar a máxima intraday de US$ 50,30. Já na New York Mercantile Exchange (Nymex), o WTI para agosto, que já é o contrato mais líquido, avançava 1,69%, a US$ 49,38 por barril, enquanto o futuro de julho, que vence amanhã, tinha alta de 1,71%, a US$ 48,80 por barril. Fonte: Dow Jones Newswires.




COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

*Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Leia também

Receba gratuitamente nosso boletim de artigos e notícias em seu e-mail