×
Siga-nos:
Classe Contábil
PUBLICADO 1 ano ATRÁS.

Pergunta #519499

PERGUNTA FEITA POR Andrea Fc

Boa tarde, preciso muito de uma direção para um problema de pagamento de tributos, meu marido tem uma mei aberta em 02/2015, onde em 01/2015 fui registrada como funcionária, onde até 08/2016 foram pagos todos os tributos tanto da mei quanto os meus fgts e inss, mas a partir de 09/2016, por motivos financeiros não conseguimos mais pagar, eu engravidei em 11/2016 e estou para ganhar bebe agora em julho/2017, e gostaria de saber como é possível regularizar minha situação para ter direito ao auxílio maternidade, se consigo parcelar os dividendos do inss para não perder o auxílio maternidade, desde já agradeço a atenção, obrigada, Andrea

ÁREAS DE CONHECIMENTO: Contabilidade (geral, custos, demonstrações e outros)

RESPOSTAS

sem foto
#519501

completando…. entretanto, é bom que ele procure o INSS para regularizar a situação, que inclusive o débito pode ser parcelado. Caso contrário ele ficará com dívida na União por não ter recolhido o INSS.

Cariacica | ES Há 1 ano
sem foto
#519500

Andrea. Se ele ainda não deu baixa em sua carteira, você continua sendo funcionária. A dívida com o INSS é da pessoa jurídica MEI, mesmo que ele não esteja recolhendo o INSS você não perde o direito de receber o auxilio-maternidade. Faça o pedido normalmente ao INSS porque entendo que o problema é do MEI como pessoa jurídica que é e não seu. Hiper Contábil Ltda.

Cariacica | ES Há 1 ano

Deixe uma resposta

*Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Receba gratuitamente nosso informativo de artigos e notícias em seu e-mail