As oportunidades para empresas contábeis em 2014

02/01/2014
O ano de 2013 nomeado por entidades de classe como o ano da contabilidade é uma realidade quando se pensa nas mudanças ocorridas numa profissão que não consegue atender toda a atual demanda de mercado.

São vagas para áreas especializadas do segmento contábil que não foram preenchidas e um estudo de uma respeitada empresa de consultoria em recursos humanos apontam que a média salarial de um cargo de analista contábil cresceu 24,9% somente em 2012 colocando a profissão entre as cinco maiores valorizações do mercado nesse ano. Paralelamente a demanda por serviços para empresas qualificadas também não para de crescer e uma porta de oportunidades surgem para escritórios de contabilidade capazes de atendê-la.

Segundo constatei nas analises que realizei nos dados do Conselho Federal de Contabilidade o número de organizações contábeis (sociedades) cresceu em maio de 2013 16% quando comparado com dezembro de 2011. Os dados mostram também que o crescimento das empresas individuais de contabilidade cresceu no mesmo período somente 1,5% o que indica o movimento das empresas contábeis de se solidificarem em forma de sociedade profissional.

Mesmo com esse crescimento de empresas de contabilidade, faltam empresas e profissionais qualificados para atender todas as necessidades de mercado. Esse cenário vai se acentuar ainda mais em 2014, visto que a as micros e pequenas empresas estão começando a sentir agora os reflexos das novas exigências a atender.

Tudo isso mostra que o segmento contábil terá um enorme desafio em 2014. Será necessário formar equipes com exímia qualificação técnica, especialmente em temas ainda pouco dominados pelo mercado e onde a concorrência é significativamente menor. Nessa pauta já temos temas tais como e-Social.

As novas empresas de contabilidade no mercado perdem oportunidades quando oferecem o que a grande maioria já está oferecendo e assim enfrentam dificuldades de se posicionar com rentabilidade, por isso, qualifique a sua empresa para dispor de diferenciais técnicos.

O profissionalismo precisa melhorar em 2014 para dar mais segurança aos empresários contábeis. Ainda existe a figura do contador amigo, mas os limites dessa relação especialmente com os clientes devem ser respeitados. Assim manter contratos profissionais, instruções devidamente documentadas e adimplemento de honorários devem ser preservados nas empresas contábeis.

Oportunidades e desafios andarão lado a lado em 2014 e será o momento para você aproveitar as novas oportunidades do mercado contábil. Assim, não deixe de ficar atento e agir nas mudanças de postura, valorização e negociação dos seus serviços de contabilidade. Se assim fizer, o próximo ano será promissor.

Sucesso em 2014!