×
Siga-nos:
Classe Contábil
PUBLICADO 2 anos ATRÁS.

Menos burocracia para declarar capital no exterior

O Banco Central informou nesta terça-feira, 3/05, por meio de nota, a reformulação da Declaração de Capitais Brasileiros no Exterior (DCBE). 

Atualmente são obrigadas a prestar essa declaração ao BC as pessoas físicas e jurídicas residentes no País que possuam ativos no exterior com valores iguais ou superiores a US$ 100 mil. 

De acordo com o BC, entre as mudanças estão a eliminação de informações com pouca utilidade ou detalhamento em excesso; a simplificação e maior clareza nas perguntas; a navegação intuitiva no sistema e a racionalização de informações requeridas.

Também foram feitas adequação às necessidades impostas pelo novo padrão internacional de estatísticas do setor externo do Fundo Monetário Internacional (FMI) e o acréscimo de informações requeridas pelos novos padrões estatísticos internacionais.

A expectativa do BC é de que, em 2018, com a coleta de dados para a data-base de 31 de dezembro de 2017, cerca de 60 mil declarantes prestem informações de ativos externos pela plataforma da DCBE.

A reformulação da DCBE insere-se, de acordo com o BC, no programa Agenda BC+, no pilar SFN Mais Eficiente. O banco disponibilizou material com a íntegra das mudanças. 




COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

*Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Leia também

Receba gratuitamente nosso informativo de artigos e notícias em seu e-mail