×
Siga-nos:
Classe Contábil
PUBLICADO 8 meses ATRÁS.

Investimentos crescem 0,8% em agosto após 13 quedas, diz Ipea

Rio – Os investimentos ficaram estáveis no País em agosto, segundo cálculos do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). O Indicador Ipea de Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF, medida dos investimentos na economia) registrou ligeiro recuo de 0,1% em relação a julho.

 

Na comparação com agosto do ano passado, entretanto, o indicador cresceu 0,8%, após 13 meses consecutivos de perdas. Desde março de 2014, o Indicador Ipea de FBCF teve crescimento na comparação interanual apenas duas vezes: em junho de 2016 (de 0,1%) e agora em agosto de 2017. No ano, os investimentos ainda acumulam uma queda de 3,9%.

 

Na passagem de julho para agosto, o componente de máquinas e equipamentos cresceu, mas a construção encolheu. O componente construção civil teve retração de 2,3% em agosto ante julho, após dois avanços seguidos.

 

O consumo aparente de máquinas e equipamentos (Came) – obtido pela soma da produção doméstica e das importações, excluídas as exportações – teve crescimento de 1,8% no período, depois de uma queda de 0,9% no mês anterior. A produção doméstica de bens de capital avançou 1,4% em agosto ante julho; o volume de importações caiu 1,2%; e o volume exportado de bens de capital recuou 1,1%.

 

Em relação a agosto de 2016, a construção encolheu 4,5% em agosto de 2017, enquanto o Came teve um salto de 11%.

 




COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

*Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Leia também

Receba gratuitamente nosso boletim de artigos e notícias em seu e-mail