×
Siga-nos:
Classe Contábil
PUBLICADO 9 meses ATRÁS.

IBGE divulga que inflação atingiu 0,32% em fevereiro por ênfase na educação

Mais baixo desde 2000, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de fevereiro ficou em 0,32%. Com o resultado, o indicador caiu de 2,85%, janeiro, para 2,84%, no último mês, com base no acumulado de 12 meses. Os dados foram divulgados na manhã desta sexta (9/3) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O grupo que mais cresceu foi o de educação, que subiu 3,89% no mês passado, reflexo de reajustes habitualmente praticados no início do ano letivo, principalmente as mensalidades escolares, que subiram 5,23% no Brasil. São Paulo (4,4%) e Goiânia (8,02%) registraram os maiores aumentos. Em Brasília, a alta atingiu 3,13%.

O grupo dos transportes também subiu 0,74%. Os destaques foram os itens ônibus urbano (1,90%) e a gasolina (0,85%). O combustível chegou a subir 8,55% em Salvador.

Já o grupo de alimentação e bebidas caiu, apresentando queda de 0,33%. Vários produtos tiveram recuo nos preços: alho (-4,79%), cenoura (-3,88%), batata-inglesa (-3,57%), açúcar cristal (-3,56%), tomate (-3,29%), feijão-carioca (-2,98%), açúcar refinado (-2,58%), pão de forma (-1,81%) e frutas (-1,13%). Confira a variação dos grupos:

Grupos – Variação (em %)

Alimentação e bebidas -0,33
Habitação 0,22
Artigos de Residência 0,03
Vestuário -0,38
Transportes 0,74
Saúde e Cuidados Pessoais 0,38
Despesas pessoais 0,17
Comunicação 3,89

O resultado da inflação do primeiro bimestre ficou em 0,61%, o menor percentual para o período desde o Plano Real em 1994. No mesmo período de 2017, o índice registrou 0,71%.

Fonte: Correio Braziliense




COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

*Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Leia também

Receba gratuitamente nosso informativo de artigos e notícias em seu e-mail