Portal da Classe Contábil Contabilidade Estratégica. | Portal da Classe Contábil
×
Siga-nos:
Classe Contábil
PUBLICADO 4 meses ATRÁS.

Contabilidade Estratégica.

O psicólogo norte americano Abraham Harold Maslow propôs um conceito de hierarquia de necessidades que acabou ficando conhecido como a Pirâmide de Necessidades de Maslow, ou a Hierarquia das Necessidades de Maslow.

Esta teoria sugere que os indivíduos tenderão a evoluir para o degrau seguinte da hierarquia à medida que a necessidade anterior tenha sido satisfeita. Veja a representação gráfica da proposição desenvolvida por Maslow.

 

Hierarquia das necessidades de Maslow

 

Embora a teoria venha do campo da psicologia, quero aqui refletir sobre sua aplicabilidade no campo da Contabilidade, tomando de empréstimo seu conceito geral e reaplicando-o numa análise de como as empresas evoluem em seus graus de necessidades contábeis podendo, de conformidade com seu posicionamento na escala hierárquica, necessitar de diferentes apoios da contabilidade.

Empresas, assim como pessoas, tem diferentes níveis de maturidade de gestão. Pequenas empresas, recém-criadas, normalmente tem processos pouco maduros, com elevada dificuldade de operação e viabilização do negócio, e focam menos em aspectos gerencias e estratégicos, preocupadas que estão, com sua sobrevivência.

Na medida que estas empresas evoluem começam a se preocupar mais com aspectos administrativos, fortalecem a cada passo os seus processos, e começam a atentar para aspectos de controle mais avançados e sólidos.

Organizações com elevado nível de maturidade, dedicam tempo a análises profundas, que transcendem a própria operação, buscando por exemplo apresentar resultados sociais em conjunto com os resultados operacionais. Veja, neste sentido a prática crescente de empresas que, juntamente com seus balanços financeiros, divulgam também seus balanços sociais.

Seria, portanto, possível imaginar um Hierarquia das Necessidades das Empresas, que apoiada no mesmo conceito de Maslow, dirá que as empresas tenderão a evoluir para o degrau seguinte da hierarquia à medida que a necessidade anterior tenha sido satisfeita.

O gráfico abaixo poderia demonstrar um conceito razoável de Hierarquia das Necessidades das Empresas.

Hierarquia das Necessidades das Empresas

Livre Aplicação do Conceito de Maslow por Vicente Sevilha Junior

 

Percepção de Valor da Contabilidade

Estabelecido então o conceito de que, assim como o ser humano, as empresas também precisam ver atendidas primeiro as suas necessidades de nível mais baixo, antes de se preocupar com o atendimento das necessidades de um nível superior, podemos então discutir um pouco o conceito de percepção de valor da contabilidade.

Para entender bem este conceito, é importante antes falar de Michael Porter, americano que introduziu o conceito de Cadeia de Valor que representa o conjunto de atividades desempenhadas por uma organização desde as relações com os fornecedores e ciclos de produção e de venda até à fase da distribuição final. Conceito originalmente concebido pensando em atividades fabris, mas totalmente aplicável à atividade de serviços contábeis.

Quem define o Valor dos serviços de Contabilidade – não falamos de preço, e sim de valor – é o usuário final destes serviços. O conceito de valor exprime uma relação entre as necessidades da empresa, e a capacidade que possuam os serviços, em satisfazê-las.

Hierarquia de Valores

Mesclando-se então os conceitos de Percepção de Valor e de Hierarquia das Necessidades, podemos observar com clareza que, empresas em diferentes estágios de maturidade, tem diferentes percepção de valores dos serviços contábeis.

A empresa em fase mais inicial de desenvolvimento, preocupada com Capital de Giro, Desenvolvimento de Produtos e Vendas, tende a dar pouco valor a informações de cunho gerencial e estratégico. E o mesmo vai se repetindo nos diferentes estágios da Hierarquia das Necessidades Empresariais, levando organizações a exigirem de suas contabilidades, uma entrega compatível com seu nível de maturidade organizacional e com suas necessidades práticas.

Estratégia

Entra então em cena, o conceito central de nosso raciocínio, que é a aplicação da estratégia para oferecer a cada empresa o atendimento de suas necessidades contábeis, de acordo com seu posicionamento na Hierarquia das Necessidades Empresariais.

Percebendo a contabilidade, o nível de maturidade de cada cliente, torna-se possível e até mesmo necessário, que as informações entregues estejam em sintonia com o que a empresa realmente necessita naquele seu momento de desenvolvimento.

Assim, uma contabilidade estratégica, não deveria se preocupar em realizar a mesma entrega para todas as empresas, mas sim uma entrega customizada, personalizada, que agregue valor à cada cliente, na medida adequada à sua capacidade de perceber e utilizar aquele valor.

Desenvolvimento

Atento à necessidade de seus clientes, uma boa contabilidade estratégica saberá também, aos poucos, conduzir o olhar da empresa e de sua administração, para os aspectos iniciais da etapa seguinte da Hierarquia das Necessidades. Oferecendo aos poucos, informações mais profundas, mais elaboradas e mais desafiadoras e instigantes aos gestores.

Assim, entender que Balanço e DRE constituem relatórios de uso similar à todas as empresas, e que a simples entrega dos Balanços e DRE representa o cumprimento da tarefa contábil, é no mínimo, uma visão simplista.

O desafio está sim, em desenvolver, a partir dos dados de contabilidade, existentes sim no balanço, comparações, análises, cruzamentos e reflexões, que indiquem à empresa, sucessos e falhas, riscos e oportunidades.

O canadense Brian Tracy já dizia: ”Aproxime-se de cada cliente com a ideia de ajudá-lo a resolver um problema ou alcançar um objetivo, não de vender um produto ou serviço.”

A grande falácia de muitas estratégias contábeis está em tentar convencer a empresa sobre a importância de um balanço, enquanto na verdade, é a contabilidade que precisa ser convencida sobre a importância de ajustar sua linguagem a cada fase de desenvolvimento de seu cliente.




COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

*Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Leia também

Receba gratuitamente nosso informativo de artigos e notícias em seu e-mail