×
Siga-nos:
Classe Contábil
PUBLICADO 2 anos ATRÁS.

Contabilidade: essencial ao desenvolvimento

Apesar de o País estar passando por momento de dificuldade econômica, uma das classes que vem se sobressaindo é a da contabilidade. Diretamente ligado ao setores públicos e privados, a sociedade tem, no profissional contabilista, a ferramenta para promover o desenvolvimento de empresas, entidades e instituições, bem como a oportunidade de explorar novas oportunidades de mercado.

De acordo com a presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Ceará (CRC-CE), Clara Germana Gonçalves Rocha, o mercado de contabilidade não sofreu os impactos da crise, pelo contrário. “Nós temos um mercado de trabalho bastante promissor, porque nós auxiliamos e orientamos as empresas nesses momentos de dificuldade, em que muitas delas precisam reduzir seus custos, impostos, funcionários. Somos bastante procurados e levamos para nossos clientes novas oportunidades de mercado para eles”, ressaltou a dirigente. Mesmo sem impactos diretos, ela observou que, a classe sentiu algumas dificuldades. “Alguns clientes quiseram diminuir seus honorários, mas por um certo período, e não há perda de clientes por causa disso”, ponderou Clara.

Importância
As exigências do mercado, hoje, mudaram um pouco mais. A presidente do CRC-CE, informou que, há alguns anos, a atividade contábil era vista apenas como emissão de guias e impostos, mas que, hoje, o profissional de contabilidade é procurado, também, para a gestão da empresa e orientação – principalmente tributária, como planejamento e o que fazer para ter mais lucro e, na situação atual, sair da dificuldade.

“A visão do contador perante o empresário, hoje – e também na administração pública – está bem mais além do que era antes”, avaliou a dirigente. No serviço público, por exemplo, ela evidenciou o auxílio na transparência – em que a contabilidade é colocada no Portal da Transparência diariamente –, ou seja, “a contabilidade na gestão pública é no tempo hábil, e, todos os dias, a sociedade tem como verificar, por exemplo, quem faltou com o pagamento de fornecedores e os servidores que já receberam seus salários, por exemplo. Tudo isso é atribuição, acompanhamento e auxílio do profissional de contabilidade”.

Mercado
No Ceará existem 26.051 profissionais de contabilidade, segundo o CRC-CE. A principal área de atuação dos contabilistas é, ainda, a comercial, seguida da atividade pública e auditoria. “Esses três segmentos são os que têm maior relevância”, destaca Clara Germana. Mas, a atividade tem várias outras áreas de atuação, que têm demanda, mas ainda carece de contabilistas. “A gente tem uma grande carência de profissionais em outras áreas, como na contabilidade rural e hospitalar, por exemplo, porque, geralmente, os profissionais buscam os três maiores segmentos”, disse Rocha.

Com relação à qualificação e formação dos profissionais, no Ceará, segundo o CRC-CE, existem 24 faculdades de Ciências Contábeis, dentre públicas e privadas. “Temos uma grande oferta do curso e essas faculdades trabalham, inclusive, até de forma diferenciada com os alunos, através das aulas práticas, participação do Núcleo de Apoio Fiscal e Contábil (NAF) – pessoas que fazem atendimento às comunidades dentro das faculdades”, avalia a presidente, acrescentando que a educação continuada está bem avançada, e que esse é um dos objetivos da entidade. “Nós ofertamos cursos à noite no Conselho, sem nenhum ônus, na semana e, também, aos sábados. A gente sempre tem a intenção de deixar nossos profissionais atualizados e capacitados, porque quanto mais conhecimento tiverem, mais eles orientam seus clientes”, enfatizou Clara. Anualmente, segundo ela, são inseridos cerca de mil novos contabilistas no mercado cearense.

Apesar de tantos novos profissionais, os vários segmentos do mercado conseguem absorver essa mão de obra. Mas, a orientação da presidente é que os novos contabilistas busquem ingressar no mercado ainda na faculdade, procurando estágios e a capacitação. “O mercado quer pessoas que tenham atitudes, responsabilidade, compromisso e que sejam dinâmicas, porque a legislação muda da noite para o dia e se a pessoa não estiver atualizada, fica de forra do mercado de trabalho”, enfatiza Rocha. Outro destaque da dirigente é sobre a aceitação do mercado mais voltada para as mulheres. “A gente acha que é por causa dessa atenção que elas conseguem ter em relação ao sexo masculino. No Ceará, estamos com 45% de mulheres ingressando na contabilidade, que está se tornando um mercado predominantemente feminino”, observou.

Desafios
Quanto aos desafios da atividade, a dirigente apontou como grande desafio a não participação técnica na formulação de legislações. “Apesar de estarmos fazendo um grande trabalho junto aos órgãos públicos, com que temos uma grande parceria e aproximação, as legislações feitas por esses órgãos não tem a nossa participação”, lamentou Clara Germana. Ela cita, como exemplo, o sistema de empregados domésticos, “que, até hoje, não funciona corretamente, porque, quando começamos a operacionalizar, vemos as dificuldades”. Clara reforça que é preciso, na formulação desses sistemas a presença de um profissional técnico dentro dessas comissões, para apontar as dificuldades e soluções.

Congresso em Fortaleza reforça transparência
O Congresso Brasileiro de Contabilidade, aberto oficialmente ontem, em Fortaleza, segue até quarta-feira (14), com 190 eventos técnico-científicos e culturais, no Centro de Eventos do Ceará e no Porto do Mucuripe, onde será realizada a confraternização de encerramento. Na oportunidade, serão debatidos temas de interesse da contabilidade e da sociedade em geral em mais de 150 atrações técnicas e científicas. O evento é uma realização do Conselho Federal de Contabilidade (CFC), em parceria com o Conselho Regional de Contabilidade do Ceará (CRC-CE), e traz como tema “Contabilidade: Transparência para o Controle Social”.

O congresso é realizado a cada quatro anos, sendo que a mais recente edição foi em Belém, com 6 mil participantes. Esta é a terceira vez que Fortaleza sedia o evento, que deverá injetar R$ 15 milhões na economia local – as edições anteriores foram há 40 anos (1976) e há 20 anos (1996). Para a presidente do CRC-CE, Clara Germana, a importância do evento é “fenomenal”. “Primeiro, porque está vindo para o Nordeste, e, em Fortaleza, estaremos recebendo oito mil profissionais do Brasil todo e do exterior. É um grande evento e o maior da classe contábil, que contará com a presença de pessoas de renome e autoridades”, ressaltou a dirigente.

Alto nível
“Serão debatidos temas que estão na pauta da sociedade, como a contabilidade pública e o controle dos gastos, alternativas de desenvolvimento para as empresas no momento de crise, orientações sobre como as famílias podem se organizar financeiramente para alcançar seus sonhos. Para nós é muito importante que além de trazer debate de alto nível sobre esses, temas o congresso também aqueça a economia local”, explica o presidente do CFC e do 20ºCBC, José Martônio Coelho.

“Esperamos, com esse congresso, que toda a sociedade veja as ações de contadores, o que, realmente, nós fazemos, e qual é nosso objetivo. Não somos profissionais apenas de contas e nem coniventes a qualquer tipo de ilegalidades perante empresas e administração pública. Somos profissionais sérios, fundamentais para a economia do País – tanto na parte social como política –, pois estamos diretamente ligados às informações tanto de empresas como de administração pública. E esperamos que a sociedade consiga enxergar mais de nossos profissionais”, finalizou a presidente do CRC-CE, Clara Germana Rocha. A programação completa e ouras informações sobre o congresso estão disponíveis no site cbc.cfc.org.br




COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

*Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Leia também

Saiba como emitir a guia do eSocial

O eSocial é obrigatório desde o início do ano para empregadores e contribuintes cujo faturamento em 2016 tenha sido superior a 78 milhões. Porém, ainda existem muitas empresas e profissionais de

POR 2 dias atrás.

Receba gratuitamente nosso boletim de artigos e notícias em seu e-mail