Pergunta #182311

09/10/2006 as 09:35Categoria: Outras Áreas

Bom dia Consultores, gostaria de saber como eu faço balanço de abertura? Quais sao os lançamento contabeis que devo fazer: por exemplo: onde vou criar esta conta no plano de contas? D- CONTAS DE ATIVO C- BALANCO DE ABERTURA/ D-BALANÇO DE ABERTURA E C-CONTAS DO PASSIVO SERIA ISSO? OU NAO COMO VOU INSERIR ELE NO DIARIO VAI SER COMO TITULO BALANCO DE ABERTURA OU BALANÇO PATRIMONIAL? OBRIGADO UM FORTE ABRAÇO

Wallace Ribeiro - Sabará(MG)

Respostas

09/10/2006 as 11:57

Contrata contador com registro no CRC para fazer a contabilidade
da empresa, abre uma conta transitóra= Balanço de abertura
Faz Balanço de Abertura quem não tem livro diário escriturado, no
caso de empresa sem movimento a muito tempo. Empresa do lu-
cro presumido sem Díario que passa para o lucro real etc.
Faz um inventário das mercadorias, faz um Balancete geral de to-
das as contas= ativo, passivo, P.L. despesas e receitas.
Os saldos das contas de ativo e de despesas= é creditada a con-
ta Balanço de abertura e debitada as referidas contas, Os saldos
das conta Passivo, P. L. e de receitas = debitada a Balanço de
Abertura e creditada pelo saldo às referidas contas. Arma o Ba-
lanço de abertura só um contador experiente sabe fazer, leigo
não consegue

Normando Bispo Cardozo - Salvador(BA)

10/10/2006 as 11:28

Para elaboração de um Balanço de abertura, nos moldes do que determina a lei, você deve fazer um levantamento dos saldos existentes na data em que pretende levantar o referido Balanço.

No entanto a lei diz ainda que “para determinar o valor a ser registrado, se deve ter como base o custo dos bens do ativo imobilizado, dos investimentos permanentes e outros valores sujeitos à correção monetária do balanço, bem como o valor do capital social, corrigidos monetariamente desde a data da aquisição e da integralização do capital até 31.12.95 e se considerar como utilizadas as quotas de depreciação, amortização e exaustão, devidamente corrigidas até aquela data, que seriam cabíveis nos períodos-base ou nos meses anteriores àquele em que realizar o balanço de abertura”.

Com sua empresa tem poucos meses (e não anos) de existência, você precisará saber apenas a data da aquisição dos bens que relacionou para que sejam aplicadas as quotas de depreciação.

Vai precisar também do valor do Capital Social registrado e em que condições isto foi feito (se em bens ou moeda corrente do país).

Sem estas duas informações, não há como elaborar o Balanço de Abertura

Uma vez com estes dados, tudo fica bem mais simples, basta contabilizar cada saldo na respectiva conta e a diferença verificada entre o Ativo e Passivo como Lucros ou Prejuízos Acumulados;

Na prática ficaria assim:

D – Contas do Ativo
C – Balanço de Abertura (Conta Transitória)

D – Balanço de Abertura (Conta Transitória)
C – Contas do Passivo

Depois de efetuados os lançamentos acima, verifique o saldo da conta transitória “Balanço de Abertura”. Se for negativo (devedor) significa que sua empresa apurou prejuízos no período desde o inicio das atividades até a data do Balanço de Abertura, se positivo, apurou Lucros.

Não se esqueça que o resultado apurado é meramente contábil ou seja, se apurou prejuízo, este não pode ser compensado e se foram Lucros, não podem ser distribuídos aos sócios.

O ideal é que o diferencie de futuros resultados, lançando-o em conta específica no Patrimônio Líquido como Lucros (ou Prejuízos) em Suspenso, por exemplo.

Lançamentos

D - Prejuízos em Suspenso (Patrimônio Liquido)
C – Balanço de Abertura (Contra Transitória)

ou

D - Balanço de Abertura (Contra Transitória)
C - Lucros em Suspenso (Patrimônio Liquido).

Naturtalmente você dispões de programa contabil onde fará os lançamentos de abertura, e que posteriormente será emitido um balanço, diario e razão, tudo de acordo com o que o programa possa lhe oferecer. sinto muito não poder ajuda-lo mais que isso.

Luiz de Carvalho - Niterói(RJ)