×
Siga-nos:
Classe Contábil
PUBLICADO 2 anos ATRÁS.

China responde por maior fatia das exportações globais em quase 50 anos

XANGAI –  Boas notícias para a China mas uma expansão que está agravando as tensões comerciais.

A participação da China nas exportações globais subiu para 13,8 por cento no ano passado contra 12,3 por cento em 2014, mostraram dados sobre a Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Emprego. Trata-se da maior fatia por qualquer país desde os Estados Unidos em 1968.

O sucesso vai de encontro a previsões de que aumentos de custos do trabalho chinês e a alta de mais de 20 por cento do iuan frente ao dólar na década passada levariam a China a perder fatia de mercado para rivais mais baratos.

Em vez disso, a infraestrutura de manufatura construída durante a ascensão industrial nas décadas recentes está mantendo ativas as exportações e servindo de base para que empresas produzam produtos de maior valor.

“A China não pode ser substituída”, disse Frederik Guitman, ex-gestor para a China de uma fabricante de produtos de prata dinamarquesa, acrescentando que prazos confiáveis são mais importantes que preço. “Se eles dizem 45 dia, serão 45 dias”.

 




COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

*Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Leia também

Receba gratuitamente nosso informativo de artigos e notícias em seu e-mail